O Portugal actual... Governado por incompetentes, demagogos, invertidos e mesmo criminosos. Todos subproduto Abrilino. Todos "democratas" da treta cada vez mais ricos num País cada vez mais miserável, imerso na imoralidade e no crime.

18
Jun 10

Ora cá vão uns salariozitos de remediados:


(PODE NÃO PARECER, MAS SÃO VALORES MENSAIS!!!!....)


-Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 Euros
-Carlos Tavares: CMVM, 245.552 Euros
-Antonio Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 Euros
-Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000 Euros
-Fernanda Meneses: STCP, 58.859 Euros
-José Manuel Rodrigues: Carris 58.865 Euros
-Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536 Euros
-Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249.448 Euros (este é que pode pagar mais IRS)
-Luís Pardal: Refer, 66.536 Euros
-Amado da Silva: Anacom, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, ex-chefe de gabinete de Sócrates, 224.000 Euros
-Faria de Oliveira: CGD, 371.000 Euros
-Pedro Serra: AdP, 126.686 Euros
-José Plácido Reis: Parpública, 134.197 Euros
-Cardoso dos Reis: CP, 69.110 Euros
-Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233.857 Euros
-Fernando Nogueira: ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247.938 euros (este não é o ex-PSD que se encontra em Angola !! )
-Guilherme Costa: RTP, 250.040 Euros
-Afonso Camões: Lusa, 89.299 Euros
-Fernando Pinto: TAP, 420.000 Euros
-Henrique Granadeiro: PT, 365.000 Euros

E ainda faltam as Estradas de Portugal, EDP, Brisa, Petrogal, todas as outras Observatórios e reguladoras ... Vilanagem É um fartar enfim! E pedem contenção!!
Imaginem o que é pagar um Subsídio de férias ou de Natal a estes senhores:''Tome lá meu caro amigo 350.000 € para passar férias ou fazer compras de Natal''.
E pagar-lhes esta reforma ... É no mínimo imoral e no máximo corrupção à sombra da lei ... Até porque estes cargos não são para técnicos, mas são de nomeação política .. É isto que lhes retira toda e qualquer credibilidade junto do povo e dos quadros técnicos.

TUDO NOSSO DINHEIRO QUE ALIMENTA ESTE BANQUETE, ONDE A CRISE NÃO BATE À PORTA e onde há aumentos PARA SEMPRE Amigos
PODE NÃO PARECER, MAS ESTES SÃO VALORES MENSAIS!!!!....

publicado por Admin às 11:09

15
Jun 10
Parlamento com quase 200 milhões para gastar este ano
 

 
Assembleia dá mais dinheiro aos deputados para transportes, estudos e assessorias técnicas



O tempo é de crise mas parece que ainda não chegou à Assembleia da República. A conta do Parlamento cresceu sete milhões de euros face a 2009 (de 184,3 para 191,4 milhões de euros).

Só em transportes, os deputados vão gastar este ano mais de 780 mil euros do que em 2009, o que representa um aumento de 25%, avança o jornal «Correio da Manhã».

Apesar de se prever um corte dos vencimentos dos parlamentares em 5%, o orçamento do Parlamento para 2010 prevê aumentos significativos face ao ano passado.

Estão estimados aumentos para transporte, deslocação dos deputados, despesas com seminários, exposições e similares, artigos honoríficos e até, imagine-se, decoração do Parlamento.

Aumenta também a rubrica «outros trabalhos especializados», que este ano vai consumir mais de meio milhão de euros (3,6 milhões em 2010 face a 3,1 milhões em 2009) e mais 593 mil euros em «assistência técnica» (2,9 milhões de euros em 2010 contra 2,3 milhões em 2009).

13
Jun 10

 

São escusados os comentários...



População demonstra o seu descontentamento pela incompetência governativa do PS, pela prepotência de Sócrates e pelas pseudo políticas de prioridade ao que menos interessa.

 

 


06
Jun 10
 ORÇAMENTO DA A.R. AUMENTA COLOSSALMENTE!!!

Em paralelo ao "plano de austeridade" que teoricamente visa combater uma crise que deve (muito) ao verdadeiro saque de dinheiros públicos que persiste desde 1974, os ditos democratas e "socialistas" preparam-se para aumentarem em GRANDE ESCALA as suas regalias pessoais, bem como as despesas com viagens e outras mordomias de luxo.

OS IMPOSTOS E TAXAS NUNCA SERÃO SUFICIENTES EM PORTUGAL, POIS QUANTO MAIS DINHEIRO O ESTADO LAICO OBTÉM DE RECEITA, MAIS ROUBA EM PROL DOS SRS. E SRAS. DA POLÍTICA, A MAIOR PARTE GENTE QUE PRIMA PELA INCOMPETÊNCIA E QUE AFIRMA GOVERNAREM O PAÍS ENQUANTO SE GOVERNAM A ELES E AOS SEUS!
publicado por Admin às 12:24

05
Jun 10
Um local cujo conteúdo é a prova viva que à esquerda e em paralelo à crise económica, moral e social que acompanha o "socialismo" vigente, paradoxalmente é capaz de nos fazer rir à gargalhada, talvez como forma de nos fazer esquecer ainda que por meros instantes a triste realidade que nos abraça...
Não perca!!!

01
Jun 10

 

O Estado vai passar a arrecadar mais 48 milhões de euros por mês com as novas tabelas de IRS que entram hoje em vigor. Até ao fim do ano, os portugueses vão pagar mais 334 milhões.
 

A partir de hoje entram em vigor as novas tabela de retenção na fonte do IRS. Com esta alteração, os cofres do Estado vão encaixar, no final do ano, mais 334 milhões de euros. Ou seja, a partir de Junho, os contribuintes singulares contribuem para o esforço de consolidação orçamental a uma média mensal de 48 milhões de euros.
 

As contas da receita adicional do agravamento de IRS em 2010 são do Governo e têm por base a estimativa de um impacto de 0,2% do PIB decorrente da aplicação das taxas adicionais sobre a matéria colectável. As novas taxas são calculadas a partir do rendimento anual do contribuinte, mas o esforço financeiro que será pedido ao contribuinte será só relativo aos sete meses. No próximo ano, o contributo do imposto adicional de IRS duplicará, ascendendo a 668 milhões de euros.
 

O ministro das Finanças anunciou as novas taxas de imposto, a 20 de Maio, no âmbito do combate ao défice, explicando que as taxas extra, que incidem sobre os subsídios de férias e de Natal, foram objecto de uma ponderação, aplicando-se, em 2010, apenas em sete doze avos do rendimento. Além disso, o mecanismo de arrecadação desta receita será feito através dos valores retidos pelas empresas empregadoras, que todos os meses vão directamente para os cofres do Estado.
 

As tabelas de retenção, que começam a ser aplicadas a partir de hoje, assumem já que a sobretaxa equivalente a 1%, sobre sete meses, é de 0,58%. Acima do terceiro escalão, os contribuintes passam a reter mais 1,5% do salário, o que dá mais 0,875% com base no cálculo de sete meses.

BLOG
Image and video hosting by TinyPic
CÓDIGO PARA PARCERIAS
PARCEIROS
Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
Photobucket
Image and video hosting by TinyPic
INFORMAÇÕES ÚTEIS
VHSDVD
Photobucket
PETIÇÕES
Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic
Não aconselhamos o uso do Google Adsense
Image and video hosting by TinyPic
comentários recentes
Os 46 administradores não ganharam sei vezes mais,...
Nao se compreende como estando Portugal numa situa...
Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Nem pau duro n...
Grandes Varzeenses..........qualquer dia há mais. ...
Deves ser filho de algum deputado... (Substituir d...
Eu acho que vocês são é uns invejosos, porque não ...
Um carro em leasing fica por várias vezes acima do...
Devias passar fome cm muitos passam, que logo vias...
So o fazem porque "NÓS" deixamos!!!! Porque vergon...
Outro realmente... Não interessa se o preço a paga...
mais sobre mim
pesquisar
 
VISITAS
Contador de acessos
Download Windows Live Messenger Windows Live Messenger
TRADUTOR
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


blogs SAPO