O Portugal actual... Governado por incompetentes, demagogos, invertidos e mesmo criminosos. Todos subproduto Abrilino. Todos "democratas" da treta cada vez mais ricos num País cada vez mais miserável, imerso na imoralidade e no crime.

04
Ago 10

Recebido por mail.

 

 

Como é conhecido por muitos e até já aqui se leu, a empresa PROSEGUR que procedia com funções de Vigilancia no Aeroporto Sá Carneiro (Aeroporto de Pedras Rubras, Porto) perdeu o concurso para a concorrente SECURITAS que desde inícios de Junho de 2010, passou a desempenhar nesse local as funções da sua antecessora.

 

Entre Fevereiro/Março e finais de Maio deste mesmo ano a SECURITAS formou (em várias acções de formação que se desenrolaram nas suas instalações na cidade do Porto) aproximadamente 200 Agentes Aeroportuários (fala-se entre 170 a 220) uma pequena parte desses actuais formados eram já Aeroportuários da empresa PROSEGUR que pretendiam manter o seu lugar no Aeroporto mudando de empregador, tudo muito bem, outros eram Vigilantes de uma ou outra empresa deste ramo à procura de melhores condições, mas a grande maioria eram pessoas em situação de desemprego, inclusive de longa duração, pessoas com marido/esposa e filhos a quem a SECURITAS garantiu e convém sublinhar a palavra GARANTIU, emprego como Agente Aeroportuário logo nos primeiros dias de Junho. A somar a isto convém referir que pessoas que estavam na altura com trabalhos mais precários, ou a fazer part-time e que viram na SECURITAS uma empresa credível, para um melhor futuro profissional, foram alertadas pela mesma (verbalmente, claro, mas na frente de colegas que o podem testemunhar) a irem tratando das suas saídas desses empregos pois teriam de estar 100% disponíveis logo no início de Junho!!!

 

Vergonhosamente, estamos a 4 de Agosto de 2010 e a grande maioria dos formados está sem emprego não lhes sendo dado sequer qualquer espectativa de colocação ou integração sequer na empresa, pois como é sabido nestas empresas de segurança, apesar das aprovações nas formações, nem que seja com média de 100% o individuo só tem direito ao cartão profissional quando assina contrato com a mesma, até lá não passa apenas de um item suplente em armazém, para ser utilizado apenas quando convier a SECURITAS.

 

Tal atitude não pode ser admitida, principalmente a uma empresa desta magnitude, é uma total falta de respeito por quem se esforça por arranjar trabalho, por quem se aplicou nas formações e a quem a SECURITAS garantiu emprego.

 

Aos formados que se tem inteirado da situação perante a SECURITAS, têm sido dadas respostas daquelas que nada explicam, uma fuga total ao assumido meses antes, e nem tem havido preocupação em integrar essas pessoas em outros cargos de Vigilante, atitude que só ficaria bem a SECURITAS sabendo a mesma que muitas das pessoas em questão, são como se já referiu casadas e com filhos, ou seja pessoas com responsbilidades e que acreditaram nesta empresa.

 

Espero que haja bom-senso e sentido de responsabilidade da Administração da SECURITAS de forma que, cumprindo apenas com a sua palavra, arranje muito rapidamente postos de trabalho para as pessoas que deixou nesta péssima situação, que em nada a dignifica e apenas contribui para a degradação do mercado de trabalho.

 

Miguel

 

 

 

 


comentários recentes
Os 46 administradores não ganharam sei vezes mais,...
Nao se compreende como estando Portugal numa situa...
Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Nem pau duro n...
Grandes Varzeenses..........qualquer dia há mais. ...
Deves ser filho de algum deputado... (Substituir d...
Eu acho que vocês são é uns invejosos, porque não ...
Um carro em leasing fica por várias vezes acima do...
Devias passar fome cm muitos passam, que logo vias...
So o fazem porque "NÓS" deixamos!!!! Porque vergon...
Outro realmente... Não interessa se o preço a paga...
mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


blogs SAPO