O Portugal actual... Governado por incompetentes, demagogos, invertidos e mesmo criminosos. Todos subproduto Abrilino. Todos "democratas" da treta cada vez mais ricos num País cada vez mais miserável, imerso na imoralidade e no crime.

07
Set 09

Paulo Portas e Jerónimo de Sousa não diferem muito no diagnóstico. A diferença, quase oposta, é na forma como se podem resolver os problemas, designadamente sobre a intervenção do Estado.

Paulo PortasO desemprego e o apoio às pequenas e médias empresas foi o ponto de partida do debate com Jerónimo de Sousa e Paulo Portas, com visões bem diferentes sobre a intervenção do Estado na Economia

Para Paulo Portas “o esforço fiscal das famílias portuguesas” é muito maior do que a maior parte das famílias de outros países europeus. “A economia empobrece e deve haver incentivos para que as pessoas trabalhem mais”.

O líder do CDS referiu ainda outras medidas como o pagamento do IVA a tempo e horas, juros quando o Estado se atrasa nos pagamentos e rever o actual regime das SCUTs onde o Governo quer cumprir uma promessa que não faz sentido..


No entender do “PCP é insustentável que o Estado se subordine ao poder económico.

Jerónimo de SousaA grande diferença com o CDS é que conseguimos resolver o problema com outra politica fiscal. A banca não pode pagar 15 por cento. Deve-se aplicar um IRC mais justo. O mesmo com dividendos. Com estas receitas fiscais seria possível a baixa do IRC para  as empresas”, concluiu Jerónimo de Sousa.

O líder do PCP também criticou o apoio à banca quando despoletou a crise financeira e, antes, quando os bancos tiveram grandes lucros, “José Sócrates dizia que era o mercado a funcionar”.

Para Jerónimo de Sousa não há concorrência no mercado de combustíveis para os automóveis. “Quando propomos a nacionalização do sector energético era um bem para os portugueses”.


 

Paulo Portas rebateu a argumentação do líder do PCP, adiantando que “quem fica muito feliz com as nacionalizações são o PS e o PSD que podem nomear para lá gestores. A nacionalização não beneficia mais ninguém, causa receio aos investidores”. Ainda no entender de Paulo Portas, “os monopólios são péssimos”, com falta de concorrência e citou o caso da EDP.

Na área da saúde, Paulo Portas diz que é preciso contratualizar. As Misericórdias podem ser contratadas e, num ano, podem fazer 25 mil operações às cataratas e a lista de espera é de 27 mil. Portas deu outros exemplos em áreas onde há listas de espera. “Eu tenho uma visão muito pragmática. As pessoas não podem ficar à espera”.  O líder do CDS defendeu também a contratualização com o sector privado.

Para o líder do PCP, “a primeira coisa que faria era respeitar a Constituição”, garantindo a universalidade.
Ainda nas palavras de Jerónimo de Sousa, este governo substituiu pela iniciativa privada “aquilo que era o bife do lombo”.  Um dos exemplos que citou foi o encerramento das maternidades e foi “ a luta das populações que levou a travar este processo e até a demitir o ministro”. O líder do PCP admite a existência de convenções mas devem ser sempre em termos de complementaridade e não de falta de responsabilidade do Estado.

No debate sobre o tema da agricultura, Paulo Portas e Jerónimo de Sousa foram mais coincidentes no diagnóstico. Portas chegou mesmo a dizer que “só houve dois partidos que no Parlamento falaram de agricultura, foi o meu e o seu”. De seguida, o líder do CDS criticou fortemente o actual ministro da Agricultura. “Jaime Silva foi um desastre, é uma incompetência que não se pode repetir. O mesmo se aplica com as pescas”. Esta “critica é muito justa, disse Jerónimo de Sousa” mas, depois, criticou o último governo do PSD e Portas replicou que nesse executivo não foi ministro da Agricultura.

 

 

 

Reveja na íntegra o debate entre Jerónimo de Sousa e Paulo Portas


comentários recentes
Os 46 administradores não ganharam sei vezes mais,...
Nao se compreende como estando Portugal numa situa...
Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Nem pau duro n...
Grandes Varzeenses..........qualquer dia há mais. ...
Deves ser filho de algum deputado... (Substituir d...
Eu acho que vocês são é uns invejosos, porque não ...
Um carro em leasing fica por várias vezes acima do...
Devias passar fome cm muitos passam, que logo vias...
So o fazem porque "NÓS" deixamos!!!! Porque vergon...
Outro realmente... Não interessa se o preço a paga...
mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
16

20
23
24
25
26

27
29


blogs SAPO