O Portugal actual... Governado por incompetentes, demagogos, invertidos e mesmo criminosos. Todos subproduto Abrilino. Todos "democratas" da treta cada vez mais ricos num País cada vez mais miserável, imerso na imoralidade e no crime.

26
Jul 09

Alberto João Jardim desafiou hoje, na festa anual do PSD/Madeira, no Chão da Lagoa, o primeiro-ministro, José Sócrates, a provar que está a falar a verdade ao país, «fazendo já o que promete para depois das eleições»

 

«Eu, Alberto João Jardim, desafio o engenheiro Sócrates, que anda a dizer que vai fazer isto e aquilo, que em vez de prometer a dois meses das eleições, pode já fazê-lo. Ele que prove ao país que não está a mentir e faça já, dois meses antes, o que está a anunciar para depois das eleições», disse.

 

 

Jardim falava no tradicional percurso pelas cerca de 60 barracas de comes-e-bebes, representando as 54 freguesias da região e as diferentes estruturas do PSD/M, convivendo «com o povo», entre alguns goles de bebida e petiscos.

Considerou que a ausência da líder nacional do partido, Manuela Ferreira Leite, por motivo de doença, naquela que é considerada a maior concentração popular no arquipélago empobreceu a festa.

«Eu não insisti e entendi que era preciso resguardar e não se podia exigir a uma pessoa que está com febre que viesse», sublinhou.

«A festa fica mais pobre porque ficava mais rica com a presença da líder do partido, até porque apesar de não gostarem, ela vai ser a primeira-ministra de Portugal», declarou.

O líder madeirense argumentou também que «o PSD neste momento não é governo, por isso não é problema».

«Em 2011, espero estar na barraquinha das minha freguesia (Santa Luzia)», ironizou.

No planalto do Chão da Lagoa, nas serras sobranceiras à cidade do Funchal, num dia escaldante, com a temperatura a rondar dos 30 graus, cerca de 40 mil pessoas estão concentradas na festa anual do PSD/M.

O líder do partido, Alberto João Jardim, efectua o périplo pelas barracas, já «visitou» cerca de um quarto. Depois almoça, estando previstas as intervenções políticas pelas 14:30.

Estão previstos discursos do secretário-geral, Jaime Ramos, da líder da JSD/M, Vânia Jesus, do Presidente da Câmara do Funchal, Miguel Albuquerque, e a concluir do líder regional, Alberto João Jardim.

Lusa/SOL

 


comentários recentes
Os 46 administradores não ganharam sei vezes mais,...
Nao se compreende como estando Portugal numa situa...
Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Nem pau duro n...
Grandes Varzeenses..........qualquer dia há mais. ...
Deves ser filho de algum deputado... (Substituir d...
Eu acho que vocês são é uns invejosos, porque não ...
Um carro em leasing fica por várias vezes acima do...
Devias passar fome cm muitos passam, que logo vias...
So o fazem porque "NÓS" deixamos!!!! Porque vergon...
Outro realmente... Não interessa se o preço a paga...
mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


blogs SAPO